sábado, 16 de junho de 2012

Here I go again

Quase um ano atrás, a Meia de Floripa foi minha primeira meia maratona da vida. Agora, será a oitava. Nesse tempo, tudo mudou pra melhor. Meu conhecimento acerca do que envolve correr aumentou. Mais preparado, mais treinando, mais rápido. Em 2011, o objetivo era só terminar. Foi sofrido, sem muito treino, mas completei com pace abaixo de 6:00 min/km, conforme planejado. Corri em 2:01:15 e não consigo esquecer esse tempo. Ficou marcado. A primeira meia foi boa demais.

Continuei correndo. E correndo. E foram mais 6 meias. Este ano, até julho, só duas provas realmente importam: a Meia de Floripa e a Maratona do Rio. As outras 17 provas que participei até agora podem ter sido legais e muito boas, mas não se comparam. Este ano, corri duas meias e melhorei o tempo. 1:54:02 em março e 1:49:16 em maio, já pensando na Meia de Floripa. Se em 2011, queria correr abaixo de 6:00 min/km, em 2012 tem que ser menos de 5:00 min/km. Qualquer coisa que não seja menos de 1:45:00 será um fracasso.

Tenho condições, sei que consigo, mas sempre fico com um pouco de dúvida antes da corrida começar. Na Track & Field foi assim. No fim, o recorde veio, mas até chegar na hora de correr muitos pensamentos me atormentaram. Está tudo certo, mas nunca se sabe o que vai acontecer durante a prova. Essas corridas em que me obrigo a melhorar o tempo me deixam mais ansioso do que o normal. Meia de Floripa, lá vou eu de novo. Em busca do recorde perfeito para o momento. Nada mais importa. Domingo (17/06) é o dia.

Um comentário:

  1. E então, Enio. Como ficou seu tempo. Estou curiosa!!
    Abraços,
    Helena

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário. AVISO: Leio todos os comentários. Não respondo por preguiça.

Ler também é um exercício. Exercício lembra corrida e já escrevi demais aqui. Fui correr!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...